14 de junho de 2019
Compartilhar

Cooperativa incentiva Doação de Sangue


No dia 14 de junho, é comemorado o Dia Mundial do Doador de Sangue, data especial criada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em homenagem ao nascimento do imunologista austríaco Karl Landsteiner (14/06/1868 – 26/06/1943), responsável pela descoberta do fator Rh e pelas várias diferenças entre os diversos tipos sanguíneos.

Reafirmando sua preocupação com as questões sociais, a Unimed Palmas desenvolve atividades que estimulem funcionários, médicos cooperados e clientes a praticarem esse gesto de amor tão importante que é a doação de sangue. “A doação é um ato de cidadania e solidariedade, e ao sensibilizarmos os colaboradores da Unimed Palmas sobre a importância e a necessidade de tornar o doador fidelizado, é necessária uma educação continuada para construirmos a cultura da doação de sangue”, ressalta Lorena Cristina Castro Oliveira, coordenadora de recursos humanos da unidade.

O assistente contábil José Ernane Alves Rocha, 36, é um dos colaborares que doa assiduamente. Há 12 anos doou sangue para ajudar um amigo, e hoje doa a cada seis meses sem falta. “A cada doação podemos ajudar quatro pessoas, salvar quatro vidas, e isso é muito gratificante. Poder salvar uma vida já é fantástico, imagine quatro!”, destaca Ernane.

Para Jonas Araújo Machado, 26, auxiliar de contas médicas, e que doa sangue há seis anos, a doação é como um gesto de solidariedade, amor e cidadania. “É minha maneira de ajudar o próximo. Basicamente já criei hábito de doar, e por isso é muito importante pra mim”, afirma Jonas, que a cada 3 meses faz uma nova doação.

Já Joseilton Nunes dos Santos, 26, relata que doa desde os 18 anos, comparece de 4 em 4 meses ao Hemocentro para doar. Para o auxiliar administrativo, a doação é importante porque “de alguma forma posso ajudar as pessoas a saírem de uma situação de risco, e com esse pequeno gesto posso salvar uma vida que pra mim é um bem muito precioso”, disse Joseilton.

 

Doação de sangue no Tocantins
Segundo dados do Hemocentro Tocantins, entre março de 2018 e março deste ano, 13.464 pessoas doaram sangue. O número ainda é pequeno em relação à quantidade de doadores cadastrados no sistema, que é de 163 mil, e é insuficiente para atender toda a demanda: as bolsas de sangue são distribuídas para 68 hospitais públicos e privados do estado.

 

Quem pode doar
•    Homem ou mulher;
•    Entre 16 e 68 anos;
•    Ter acima de 50 quilos;
•    Não possuir Hepatite B ou C, Doença de Chagas, Sífilis, AIDS - HIV, HTLV;
•    Estar bem descansado e alimentado no ato da doação;
•    Após uma doação, as mulheres devem esperar 90 dias e os homens devem esperar 60 dias para realizar novamente.



Outras noticias

Moradores de Taquari e região, em Palmas, recebem celebração do Dia de Cooperar de braços abertosmore_vert
Moradores de Taquari e região, em Palmas, recebem celebração do Dia de Cooperar de braços abertosclose

A ação foi realizada com a participação das cooperativas Unimed Palmas, Sicredi União MS/TO, Sicoob Credipar, Sicoob UniCentro Brasileira, Coopanest, Frísia e Coopsget. Foram parceiros: Ruraltins, Hospital do Amor, Hemocentro e o Instituto Embelleze.

Moradores de Taquari e região, em Palmas, recebem celebração do Dia de Cooperar de braços abertosmore_vert
Moradores de Taquari e região, em Palmas, recebem celebração do Dia de Cooperar de braços abertosclose

Na manhã do último sábado, 6, os moradores do bairro Taquari e região, em Palmas, participaram da celebração do Dia de Cooperar. As atividades se concentraram na Escola Estadual Maria dos Reis Alves Barros, que ganhou das cooperativas a reforma da quadra de esportes – que estava em estado precário e sem iluminação -, e a revitalização da horta.